Ciências da Vida e da Saúde - 10.º e 11.º

14.ª ESCOLA DE CIÊNCIAS DA VIDA E DA SAÚDE

Realização: 3 a 8 de setembro de 2018

Candidaturas abertas aqui, até ao dia 2 de Julho de 2018

Dirigida a jovens que em 2017/2018 frequentam o 10.º ou o 11.º ano de escolaridade, a Escola de Ciências da Vida e da Saúde (ECVS) tem os seguintes objetivos gerais:

  • incentivar o estudo das ciências básicas e ciências clínicas da área das Ciências da Vida e da Saúde;
  • promover a compreensão dos mecanismos reguladores da saúde do Homem, dos animais e do ambiente;
  • divulgar os conhecimentos científicos da área, incluindo os provenientes do estudo dos investigadores da U.Porto, através de atividades laboratoriais de investigação;
  • partilhar recursos e conhecimentos entre investigadores e docentes do ensino superior e estudantes do ensino secundário;
  • promover a percepção da multidisciplinaridade das Ciências da Vida e da Saúde.

A ECVS estrutura-se em torno do desenvolvimento de pequenos projetos de investigação com a duração de cinco dias, executados sob a orientação de investigadores de diversas unidades universitárias, e que se inscrevem em áreas diversas como os biomateriais e a regeneração óssea, a cardiologia, a ética médica, o exercício e a saúde, a fisiologia, a genética, a infeciologia, a microbiologia, a nutrição, a oncologia, a parasitologia e a veterinária.
A distribuição dos projetos pelos candidatos admitidos é efetuada aleatoriamente, mediante sorteio a realizar no primeiro dia (contudo, há possibilidade de permuta entre participantes, desde que se verifique mútuo acordo).
O sexto dia da ECVS (sábado) é dedicado à apresentação e discussão, pelos vários grupos de participantes, dos resultados dos seus trabalhos em congresso reunido especialmente para o efeito, com a presença dos seus pares e dos investigadores que orientaram e idealizaram as atividades e, ainda, de especialistas convidados.

Este programa integra, habitualmente, projetos propostos pelas seguintes unidades da Universidade do Porto:
Faculdade de Ciências da Nutrição e da Alimentação, Faculdade de Desporto, Faculdade de Engenharia, Faculdade de Farmácia, Faculdade de Medicina, Faculdade de Medicina Dentária, Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e i3S - Instituto de Investigação e Inovação em Saúde.

Para teres uma ideia desta Escola...

Espreita os melhores momentos da edição de 2017.

Condições e procedimentos de candidatura

A participação na Escola de Ciências da Vida e da Saúde depende de uma candidatura e, após seleção, do pagamento de uma propina de 80 euros (inclui almoço, lanche da tarde, materiais didáticos e seguro escolar). Os estudantes selecionados que pretendam ficar em regime de alojamento deverão, acessoriamente, suportar o custo de 105 euros (inclui alojamento, pequenos-almoços, jantares e um programa de atividades suplementares após os trabalhos diários da Escola). Os beneficiários de apoio social escolar (escalão A ou B do SASE), atribuído pela sua escola para o ano letivo 2017/2018, poderão candidatar-se a uma bolsa, a ser concedida pela Universidade do Porto. Os beneficiários de escalão A participarão gratuitamente (incluindo o alojamento, refeições associadas e programa de atividades suplementares, se assim desejarem), enquanto os beneficiários de escalão B usufruirão de um desconto de 50% (a aplicar quer sobre a propina de participação, quer sobre a propina de alojamento, caso o solicitem).

Documentos necessários para a candidatura:
Os estudantes do 10.º ou do 11.º ano que pretendam candidatar-se à ECVS deverão, após registo no site da Universidade Júnior (http://universidadejunior.up.pt), preencher online a ficha com os seus dados e do encarregado de educação, o campo destinado ao texto de motivação (no qual deverão realçar as razões que os levam a querer participar nesta Escola) e anexar os documentos a seguir indicados. Por fim, deverão submeter a sua candidatura através da plataforma.  
Estes são os documentos a anexar:
 - Estudantes do 10.º ano:  boletim de notas do 2.º período do 10.º ano (ano letivo 2017/2018), digitalizado;
 - Estudantes do 11.º ano:  boletim de notas do 2.º período do 11.º ano (ano letivo 2017/2018), digitalizado.

Os candidatos a bolsa deverão apresentar, ainda, um documento emitido pelos SASE da respetiva escola que refira o escalão de apoio social que lhe foi atribuído por aquele estabelecimento de ensino no ano letivo 2017/2018 (escalão A ou B). Não serão aceites declarações que remetam para os apoios concedidos pela Segurança Social (escalões 1 ou 2). 

A seleção e seriação dos candidatos será efetuada com base na documentação apresentada e no texto de motivação redigido. 

Contacto para informações adicionais:
Paula Carvalho
22 040 80 68 | pcarvalho@reit.up.pt