O Médico que apenas sabe Medicina, nem Medicina sabe

A presente atividade pretende ser uma clara alusão ao aforismo do Patrono do Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar (ICBAS), instituição de onde parte a coordenação da mesma.

A atividade intelectual de que dizia se ocupar unicamente não se cingiu una e exclusivamente ao Professor Doutor Abel Salazar Médico, Cientista e Professor paradigmático de conhecimento científico e sentido crítico sagaz. O seu legado ultrapassou as barreiras da sua formação de base, e sagrou-se numa das personalidades portuguesas mais elaboradas, nomeadamente como artista plástico, crítico de arte, prosador e pensador. Deste modo, a presente atividade procura estimular e desenvolver o sentido crítico dos participantes face ao conhecimento médico estabelecido na Sociedade. Para tal serão abordadas as relações da Medicina com a Arte nas suas diversas vertentes (Literatura, Pintura e Escultura, Música, Cinema e Teatro) bem como a ótica intelectual da Medicina com a sua perspetiva humana e relação com Exército, Religião, Vinho e Gastronomia.

Estando o ICBAS inserido no centro histórico da magnífica Cidade do Porto, cidade esta que dispõe de um Património Cultural de valor excecional, os participantes terão igualmente a oportunidade de visitar locais icónicos da Cidade do Porto alusivos às temáticas apresentadas acima nunca descurando a sua relação com a Medicina.

Promotor: Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar

Departamento: Microscopia

Professor proponente: Rosália Sá

Monitores: Jéssica Mateus Costa, Leonardo Moço

Ano mínimo exigido: 10.º

Dimensão da turma: 16

Local de Recepção Semanal
ICBAS - Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (novo edifício ao lado do Palácio de Cristal)

Semanas em atividade:

  • 17 a 21 de Julho de 2017
  • 24 a 28 de Julho de 2017
Voltar