Do Sangue ao DNA: vem descobrir porque és único

DNA, ADN em português, é a sigla para ácido desoxirribonucleico, que é uma molécula que contêm as instruções que coordenam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos. A estrutura da molécula de DNA foi descoberta pelos biólogos James Watson (norte-americano) e Francis Crick (britânico) em 1953, e nove anos depois foram premiados com o Prêmio Nobel de Medicina.
A sequência de DNA comanda a formação de RNA (molécula muito parecida com o DNA) e este vai comandar o tipo de proteína, e sua função, que é produzida em determinado tecido (local) e fase do ciclo de vida (tempo).
A sequência de DNA é única para cada indivíduo. Com exceção de gémeos verdadeiros, não existem duas pessoas com exatamente a mesma informação genética. E dentro de cada pessoa o DNA é igual em todas as células. Assim, o DNA colhido do sangue, é exatamente igual ao DNA da pele, dos tecidos, da raiz do cabelo, dos ossos, do líquido seminal, da saliva, dos músculos, etc.  Por isso, a análise do DNA ajuda-nos a obter informações importantes, como por exemplo desvendar doenças, identificar a paternidade ou a maternidade, e ligar suspeitos a vítimas e locais do crime na investigação criminal.

Promotor: Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar

Departamento: Microscopia

Professor proponente: Marco Gouveia Alves

Colaboradores: Pedro Fontes Oliveira

Ano mínimo exigido: 10.º

Dimensão da turma: 16

Local de Recepção Semanal
ICBAS - Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (novo edifício ao lado do Palácio de Cristal)

Semanas em atividade:

  • 18 a 22 de julho de 2022
  • 25 a 29 de Julho de 2022
Voltar